segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Tempos de Colegial Cap. 79

Andreia: - Um show?! Como assim, um show? Emi, você tem ideia do que é preciso para fazer um show?
Eu: - Não, mas é fácil descobrir. É só dar uma pesquisada básica e pronto!
Márcia: - Você está louca! É preciso muito dinheiro pra isso.
Eu: - Eu estava brincando! Ai, Márcia, você acredita em tudo. Até parece que eu teria coragem de subir num palco e cantar para uma multidão!
Márcia: - Acontece que você falou com uma convicção que eu imaginei que fosse verdade.
Eu: - Eu nunca faria uma coisa dessas. Acho que eu congelaria no palco ou nem entraria.
Andreia: - Se você levar tudo que a Emi fala a sério, vai ficar biruta!
Márcia: - Mas você confirmou o que ela disse.
Andreia: - Eu queria ver até onde ela iria, para te enganar.
Eu: - É verdade que eu sempre quero tudo. Já quis ser bailarina, modelo, atriz, professora, médica. São loucuras que aparecem na minha cabeça! Não é nada sério, bobinha!
Márcia: - Eu não sou "bobinha", só gosto de acreditar nas pessoas.
Eu: - Eu não quis te ofender, amiga. Me desculpa. Mudando de assunto, eu vou pedir o meu Kássio em casamento.
Márcia: - Ah vá! Eu não caio mais na sua.
Eu: - Dessa vez é verdade. Se ele não tem coragem de pedir eu o farei. Ela já está me enrolando há muito tempo.
Andreia: - Muito tempo?! Vocês estão juntos há menos de um ano!
Eu: - Mas já é o suficiente para ele saber que eu sou a mulher da dele.
Andreia: - Não e faça rir, Emi!
Eu: - Vocês não estão acreditando em mim. Pois saibam que eu já tenho tudo planejado.
Andreia: - E se ele não aceitar?
Eu: - E por que ele não aceitaria? Mas se ele não aceitar será a maior burrice da vida dele. Meninas, parem de pensar negativamente. Meu Kássio vai aceitar porque ele me ama. E tenho certeza de que é comigo que ele quer ficar.
Andreia: - Você está certa disso?
Eu: - Deixa de graça, Andy!
Márcia: - A Andreia tá certa, Emi. Você está criando expectativas que podem ser totalmente diferentes.
Eu: - Vocês vão ver quando meu Kássio aceitar, aí bora ver que é que está criando expectativas.
Eu saí furiosa por minhas amigas terem duvidado do amor do meu Kássio por mim. Mas uma parte de mim achava que elas tinham razão. Por que meu Kássio não queria casar comigo? E aceitaria meu pedido? A dúvida ficou na minha cabeça e não consegui dormir, pensando nisso. Eu sabia que era muito nova para pensar em casar, mas eu tinha certeza que o Kássio era o homem da minha vida. Porém algo dizia que ele não sentia o mesmo em relação a mim. Eu não queria ficar com essa dúvida, então procurei meu Kássio e o chamei para uma conversa séria.
Eu: - Amore, eu quero te perguntar sobre uma coisa muito importante, para você e para mim.
Kássio: - Que coisa, linda?
Eu: - Você me ama?
Kássio: - Claro que amo! Por que você está me perguntando isso?
Eu: - Porque você diz que me ama, mas não quer casar comigo. Você...
Ele me interrompeu e, por um minuto, pensei que tudo estava acabado.
Kássio: - Quem disse que eu não quero casar com você?
Eu: - Acontece que a gente já está há algum tempo junto e você nunca me falou nada a respeito.
Kássio: - Eu não falei nada porque queria que fosse uma surpresa, mas você é muito apressada!
Eu: - Me desculpa, eu não quero te pressionar, é só que... Não, deixa pra lá.
Kássio: - Emi, eu te amo e sim, eu quero me casar com você, mas eu preciso de um tempo, para fazer do jeito certo. Só te peço um pouco mais de paciência.
Eu: - Tudo bem, mas o que eu digo para as minhas amigas?
Kássio: - Você não tem que dizer nada a elas, isso é um assunto nosso. Mas tenha certeza de uma coisa...
Eu: - Que coisa?
Kássio: - Eu quero passar o resto dos meus dias com você.

CONTINUA...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário.
Por favor, não use palavras de baixo calão, caso contrário seu comentário será excluído. Ok?

Euzi Pink

Marcadores

Quem sou eu

Minha foto

Posso não ser a mais forte ou a mais inteligente nem a mais bonita e nem a mais legal ...
Mas sou forte o suficiente para lutar.
Inteligente o bastante para aprender .
Legal a altura de não ser chata.
E bonita ao ponto de não ser feia!

Arquivo do blog