sábado, 25 de agosto de 2012

Tempos de Colegial Cap. 54

Noel: - Não adianta negar, eu sei que você está relutante, porque eu sou famoso, tem um monte de garotas correndo atrás de mim.
Eu: - Eu estou pouco me importando pra sua fama, eu quero mais é que você se dane, juntos com as suas periguetes!
Kássio: - O que está acontecendo aqui? Eu vi esse garoto te incomodando, quer que eu dê um jeito nele?
Eu: - Não, você não vai dar jeito em ninguém. Primeiro, porque eu não pedi a sua ajuda. Segundo, eu posso me virar sozinha.
Noel: - Além de linda é nervosinha!
Eu: - Que nervosinha o quê! Vai procurar tua turma!
Kássio: - Onde você vai Emi?
Eu: - Eu vou espairecer, e não venham atrás de mim!
Danile: - Emi, ainda bem que eu te achei.
Eu: - O que foi?
Danile: - Eu vou pra casa.
Eu: - Por quê?
Danile: - Acabei de descobrir que ele foi embora.
Eu: - Ele quem?
Danile: - O Marcelo.
Eu: - Ele vai voltar, amiga não fica assim.
Danile: - Ele vai morar lá, por cinco anos. O que eu faço Emi?
Eu: - Eu não sei o que dizer.
Danile: - Eu acho que vou morrer.
Eu: - Claro que não Dani, você vai sofrer, vai sentir saudade, mas você vai esquecer. Você vai ver como logo você vai arranjar um garoto maravilhoso. Vocês vão namorar, vão casar, vão ter um monte de filhinhos, vão ficar velhinhos juntos.
Danile: - Acontece que eu já achei. O Marcelo é esse garoto. Dessa vez é diferente, eu estou apaixonada por ele. Eu penso nele o tempo todo, ouço uma música e penso nele, vejo casais namorando e penso nele, até sonho com ele. Ele é o amor da minha vida.
Eu: - O pior é que eu te entendo, é assim que eu me sinto em relação ao Kássio.

CONTINUA...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário.
Por favor, não use palavras de baixo calão, caso contrário seu comentário será excluído. Ok?

Euzi Pink

Marcadores

Quem sou eu

Minha foto

Posso não ser a mais forte ou a mais inteligente nem a mais bonita e nem a mais legal ...
Mas sou forte o suficiente para lutar.
Inteligente o bastante para aprender .
Legal a altura de não ser chata.
E bonita ao ponto de não ser feia!

Arquivo do blog